Título: Matéria escura
Autor: Blake Crouch
Editora:
Intrínseca
Ano: 2017 / Páginas: 352
Skoob: Adicione
Adquira o seu: Amazon | Americanas | Saraiva | Submarino

(Não colocarei sinopse, pois já tem um micro spoiler lá – Aconselho que não procurem sinopses ou mais nada relacionado)

 

É complicado fazer a resenha desse livro, pois não quero contar muita coisa além do que acontece no primeiro capítulo. Eu comecei a ler sem saber de nada e isso foi essencial para que minha experiência tenha sido sensacional! É imprescindível que você não procure por aí spoilers ou qualquer coisa sobre ele. Se quer se surpreender, apenas leia. Antes de tudo, aviso: se começar, não vai mais conseguir largar! hahaha

Você é feliz com a vida que tem?

Nosso protagonista se chama Jason Dessen, tem uma esposa, Daniela, e um filho adolescente, Charlie. Jason é professor universitário de física quântica e Daniela leciona arte no ensino fundamental. Antes de terem o filho, ambos tinham carreiras que poderiam ter sido promissoras: Jason era um cientista e havia conseguido patrocínio para desenvolver um projeto científico; Dani estava expondo suas obras em locais importantes; Ambos teriam feito muito sucesso em suas respectivas áreas, porém, Daniela apareceu grávida e eles acabaram optando por se dedicar à família. Apesar desta escolha, Jason se questiona, vez ou outra, sobre o que teria acontecido com sua vida se tivesse escolhido prosseguir com sua pesquisa, se tivesse continuado um cientista.

“Aqui neste momento, feliz e ligeiramente embriagado em minha cozinha, nem imagino que hoje à noite tudo isso acabará. Será o fim de tudo que conheço, tudo que amo.

Para ele, sexta a noite é em família, ele aprecia muito esses momentos, então os três sempre ficam juntos e se divertem. Só que nesta noite, seu amigo Ryan (que é um cientista renomado) ganhou um prêmio por conta de suas descobertas e projetos.  Então, Jason passa no bar onde Ryan está comemorando sua conquista, lhe dá os parabéns e vai ao supermercado comprar um simples sorvete. Com o objetivo de voltar para sua família.

Não há avisos quando tudo está prestes a mudar, a ser tomado de você. Nenhum alerta de proximidade, nenhuma placa indicando à beira do precipício

Voltando do supermercado, no caminho para casa, ele é sequestrado por um indivíduo com uma máscara de gueixa. É obrigado a dirigir até um local isolado, sob muita pressão, e o sujeito que o sequestra deixa claro que sabe tudo sobre sua vida, família, trabalho, etc. Ele fica o tempo todo pensando que CONHECE o sequestrador, mas não se lembra de onde. Esse cara da máscara pega uma seringa e injeta um produto na veia de Jason, que apaga completamente.

Quando ele acorda, está amarrado em uma maca de um quarto desconhecido todo branco. Pode ser um hospital. Uma clínica. Qualquer coisa. Quando encontra alguém, essas pessoas acreditam que ele é outra pessoa. E é aí que a história vai ficando boa!

Um ponto que me agradou muito foi a demonstração de amor que Jason dá a sua família. O romance me convenceu, o amor que possui pela esposa é algo muito verdadeiro e intenso. As cenas de ação são eletrizantes; os mistérios que vão sendo desvendados te deixam de boca aberta! As reviravoltas nos trazem um turbilhão de emoções! Eu não esperava NADA do que acontecia, sempre fui surpreendida! Tem coisa melhor do que isso?

“Para todos aqueles que já se perguntaram como teria sido sua vida se tivessem pegado a outra estrada

Matéria escura é uma ficção científica muito envolvente e arrebatadora! Tem muitas explicações científicas que as vezes me deixaram confusa, mas no decorrer da leitura, consegui compreender e fiquei de boca aberta hahaha É uma história sobre as pessoas e suas escolhas, nos mostrando que, na maioria das vezes, nossa felicidade sempre esteve ali, nós que não conseguimos enxergá-la. Me trouxe a lição de que devemos aproveitar a vida como ela é, enxergar o lado positivo nas coisas, valorizar o que conquistamos. Carpe diem: Aproveite o dia! Nunca deixe para amanhã aquilo que você pode fazer hoje!

Mas, se eu enlouqueci, o que fazer? E se tudo que conheço estiver errado. Não. Pare. […] Não tenho o direito de pensar que estou louco. Só tenho o direito de resolver este problema.”

O autor soube desenvolver bem a história e os personagens foram bem construídos. Com uma excelente escrita, o livro tem um ritmo de leitura alucinante, é impossível parar de ler! (li em apenas uma noite) De verdade, quanto mais você lê, mais você quer. Foi minha primeira experiência com livros assim e eu simplesmente AMEI. Agora, decidi tentar ler outros do gênero. Super recomendo para todos, mesmo se você não apreciar ficção científica, dê uma chance! Não sabe o que está perdendo!

ESSE LIVRO É SENSACIONAL! Candidato a um dos melhores do ano!

“Todos somos feitos do mesmo material — pedaços explodidos da matéria que se formou no calor de estrelas mortas. Só que eu nunca senti isso em meus ossos até aquele momento, ali, com você. E por sua causa.”

 

AVALIAÇÃO: 5/5 + FAVORITO

 


FILME

*E o melhor, os direitos autorais do livro foram adquiridos pela Sony e será adaptado para o cinema, então corra para ler!

O livro chegará aos cinemas pela Sony, e o responsável por blockbusters como Independence Day, Roland Emmerich, está cotado para dirigir. Alguns nomes para os papéis principais sugeridos por nossos parceiros foram Chris Pratt (Guardiões da Galáxia) ou Gerard Butler (300) como o protagonista Jason, Penélope Cruz (Piratas do Caribe) como sua esposa, Daniela, além de Dianna Agron (Eu Sou o Número Quatro) como a misteriosa Amanda, e o protagonista de O Lar das Crianças Peculiares, Asa Butterfield, foi a principal indicação para Charlie, filho do personagem principal. (Créditos  intrínseca)