Olá, pessoal! Tudo bom? Estou aqui hoje pra falar sobre: LEITURAS COLETIVAS!

Você já leu algum livro junto com alguém? Com algum grupo de amigos? Estando presente no instagram diariamente, tive a oportunidade de fazer diversas amizades incríveis. E com essas amizades, foram surgindo os convites de leituras coletivas. Antes do blog, eu nunca tinha lido um livro assim. 

Posso afirmar que é uma prática muito boa e enriquecedora! São experiências diferentes: quando você pega o livro e lê sozinho, do que quando você está lendo em grupo. Pois na leitura coletiva, nós temos a presença de pessoas que possuem uma educação diferente da nossa, assim como, inspirações, gostos, paixões, etc. Tudo isso influencia na hora de imaginarmos a história. 

Caso você ainda não tenha feito NENHUMA leitura coletiva, trouxe 5 motivos para convencer você a tentar participar de uma:

1) Nesse tipo de leitura, normalmente, os capítulos são divididos por dias, por ex: ler os 10 primeiros capitulos do dia 14 ao dia 20; (pelo menos as que eu participei tinha isso) E acho que organiza a leitura, permitindo que você tenha tempo de ler outros livros ao mesmo tempo, tenha tempo de fazer suas outras obrigações.

2)Você não lê correndo, pois é tudo muito bem dividido, o que faz com que você preste mais atenção e visualize melhor os cenários e os personagens;

3) Por passar mais tempo lendo o livro, normalmente você se apega aos personagens e, sem querer, passa a formular teorias e suas opiniões sobre o andamento do livro;

4) Após o término da leitura, o grupo para e conversa, apontando os principais aspectos, sejam favoráveis ou não.

5) Ao fim, você aproveitou MUITO MAIS o livro, e teve acesso a diferentes perspectivas da história, por meio dos seus colegas.

Agora, vou mostrar a vocês que nos últimos meses realizei leituras coletivas de diversos livros (Entre eles: Crave a Marca, Corte de espinhos e rosas, o duque e eu, It-a coisa, A maldição do tigre). E atualmente, estou participando E organizando outras. Quem tiver interesse em se juntar ao grupo, comente ai com seu contato para redes sociais ou mande um email para yasmimbraga_15@hotmail.com.


A libélula no Âmbar – Diana Gabaldon (fantasia medieval)

 

Pra quem não sabe, Outlander é uma série de livros de fantasia medieval, com um fundo histórico, e já tem cinco volumes lançados no Brasil. Todos são calhamaços e alguns volumes são divididos em 2 partes! Conta também com muito romance, drama, ação e aventuras! ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

  • Eu e a Isa (insta: @estanteda.isa) estamos organizando essa leitura coletiva do livro 2 da série (A libélula no Âmbar), que será finalizada com um sorteio de mimos para quem participar! Você que já leu o primeiro livro, venha ler com a gente o segundo! Esqueça a preguiça! vamos encarar essas 940 paginas juntos rs ☺️ Pra quem não conhece NADA, abaixo coloquei a sinopse do primeiro livro da série. (Outlander – A viajante do tempo)
  • INÍCIO: JULHO⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

 
📖 SINOPSE: Em 1945, no final da Segunda Guerra Mundial, a enfermeira Claire Randall volta para os braços do marido, com quem desfruta uma segunda lua de mel em Inverness, nas Ilhas Britânicas. Durante a viagem, ela é atraída para um antigo círculo de pedras, no qual testemunha rituais misteriosos. Dias depois, quando resolve retornar ao local, algo inexplicável acontece: de repente se vê no ano de 1743, numa Escócia violenta e dominada por clãs guerreiros.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Tão logo percebe que foi arrastada para o passado por forças que não compreende, Claire precisa enfrentar intrigas e perigos que podem ameaçar a sua vida e partir o seu coração. Ao conhecer Jamie, um jovem guerreiro escocês, sente-se cada vez mais dividida entre a fidelidade ao marido e o desejo. Será ela capaz de resistir a uma paixão arrebatadora e regressar ao presente?

 


 

Série: Os Bridgertons – Julia Quinn (romance de época)

 

Estou lendo a série Os Bridgertons na companhia de várias meninas que também amam romances de época. Como mostra a foto acima, são muitos livros (já foram todos publicados pela Editora arqueiro e são 9 no total). São livros independentes, não é NECESSÁRIO ler todos na ordem, mas pode acabar pegando um spoiler dos casais se você fizer assim. Quem organizou a leitura  foi a Camila do blog Leiturize-se (cliquem aqui pra acessar) e fico muito feliz de poder ler essa série fofa! Se você gosta de romances de época, venha participar com a gente! Estamos lendo o segundo livro (O visconde que me amava). Abaixo vai a sinopse do primeiro livro.

SINOPSE (O DUQUE E EU): Simon Basset, o irresistível duque de Hastings, acaba de retornar a Londres depois de seis anos viajando pelo mundo. Rico, bonito e solteiro, ele é um prato cheio para as mães da alta sociedade, que só pensam em arrumar um bom partido para suas filhas. Simon, porém, tem o firme propósito de nunca se casar. Assim, para se livrar das garras dessas mulheres, precisa de um plano infalível. É quando entra em cena Daphne Bridgerton, a irmã mais nova de seu melhor amigo.

Apesar de espirituosa e dona de uma personalidade marcante, todos os homens que se interessam por ela são velhos demais, pouco inteligentes ou destituídos de qualquer tipo de charme. E os que têm potencial para ser bons maridos só a veem como uma boa amiga. A ideia de Simon é fingir que a corteja. Dessa forma, de uma tacada só, ele conseguirá afastar as jovens obcecadas por um marido e atrairá vários pretendentes para Daphne. Afinal, se um duque está interessado nela, a jovem deve ter mais atrativos do que aparenta.Mas, à medida que a farsa dos dois se desenrola, o sorriso malicioso e os olhos cheios de desejo de Simon tornam cada vez mais difícil para Daphne lembrar que tudo não passa de fingimento. Agora ela precisa fazer o impossível para não se apaixonar por esse conquistador inveterado que tem aversão a tudo o que ela mais quer na vida.


A rebelde do deserto – Alwyn Hamilton (fantasia)

Eu organizei esta leitura na semana passada. Esse foi um lançamento do ano passado, e só encontrei comentários positivos, foi muito elogiado. Estava há vários meses curiosa, então reuni umas amigas que queriam ler e pronto! Começamos semana passada a leitura. Caso você queira entrar, ainda tem tempo, pois dividimos os capítulos de um modo que todas as leitoras consigam acompanhar (pois sabemos que muita gente trabalha e estuda) E só iremos discutir, quando TODAS finalizarem.

SINOPSE: O deserto de Miraji é governado por mortais, mas criaturas míticas rondam as áreas mais selvagens e remotas, e há boatos de que, em algum lugar, os djinnis ainda praticam magia. De toda maneira, para os humanos o deserto é um lugar impiedoso, principalmente se você é pobre, órfão ou mulher.

Amani Al’Hiza é as três coisas. Apesar de ser uma atiradora talentosa, dona de uma mira perfeita, ela não consegue escapar da Vila da Poeira, uma cidadezinha isolada que lhe oferece como futuro um casamento forçado e a vida submissa que virá depois dele.

Para Amani, ir embora dali é mais do que um desejo — é uma necessidade. Mas ela nunca imaginou que fugiria galopando num cavalo mágico com o exército do sultão na sua cola, nem que um forasteiro misterioso seria responsável por lhe revelar o deserto que ela achava que conhecia e uma força que ela nem imaginava possuir.


DUFF- Kody Keplinger (YA: young adult- adolescente)

 

Esse daqui também tem sido muito elogiado! Recebi diversas recomendações! Ainda não iniciamos a leitura. Quem quiser participar, só me chamar nas redes sociais, ou deixar seu comentário ai embaixo.

SINOPSE: Bianca Piper não é a garota mais bonita da escola, mas tem um grupo leal de amigas, é inteligente e não se importa com o que os outros pensam dela (ou ela acha). Ela também é muito esperta para cair na conversa mole de Wesley Rush – o cara bonito, rico e popular da escola – que a apelida de DUFF, sigla em inglês para Designated Ugly Fat Friend, a menos atraente do seu grupo de amigas. Porém a vida de Bianca fora da escola não vai bem e, desesperada por uma distração, ela acaba beijando Wesley. Pior de tudo: ela gosta. Como válvula de escape, Bianca se envolve em uma relação de inimizade colorida com ele. Enquanto o mundo ao seu redor começa a desmoronar, Bianca descobre, aterrorizada, que está se apaixonando pelo garoto que ela odiava mais do que tudo.


Mil pedaços de você: Claudia Gray (fantasia)

Este é uma trilogia de fantasia, que tem o nome de Firebird. Parece ser bem futurístico e já vi comentários de que é uma leitura leve. Ainda não iniciamos também. Os outros dois livros já foram publicados.


SINOPSE: Marguerite Caine cresceu cercada por teorias científicas revolucionárias graças aos pais, dois físicos brilhantes. Mas nada chega aos pés da mais recente invenção de sua mãe — um aparelho chamado Firebird, que permite que as pessoas alcancem dimensões paralelas.

Quando o pai de Marguerite é assassinado, todas as evidências apontam para a mesma pessoa: Paul, o brilhante e enigmático pupilo dos professores. Antes de ser preso, ele escapa para outra realidade, fechando o ciclo do que parece ser o crime perfeito. Paul, no entanto, não considerou um fator fundamental: Marguerite. A filha do renomado cientista Henry Caine não sabe se é capaz de matar, mas, para vingar a morte de seu pai, está disposta a descobrir.

Com a ajuda de outro estudante de física, a garota persegue o suspeito por várias dimensões. Em cada novo mundo, Marguerite encontra outra versão de Paul e, a cada novo encontro, suas certezas sobre a culpa dele diminuem. Será que as mesmas dúvidas entre eles estão destinadas a surgirem, de novo e de novo, em todas as vidas dos dois?Em meio a tantas existências drasticamente diferentes — uma grã-duquesa na Rússia czarista, uma órfã baladeira numa Londres futurista, uma refugiada em uma estação no meio do oceano —, Marguerite se questiona: entre todas as infinitas possibilidades do universo, o amor pode ser aquilo que perdura?


Toda luz que não podemos ver – Anthony Doerr (não ficção-drama)

Este aqui é uma não ficção com plano de fundo na Segunda Guerra Mundial. Eu adoro histórias que se passam com esse contexto, só vi elogios quanto a esta história. Por ser um drama, já imagino que irei chorar rs Mas estou ansiosa! Já iniciamos a leitura deste. Mas quem quiser, só me chamar!


SINOPSE: Marie-Laure vive em Paris, perto do Museu de História Natural, onde seu pai é o chaveiro responsável por cuidar de milhares de fechaduras. Quando a menina fica cega, aos seis anos, o pai constrói uma maquete em miniatura do bairro onde moram para que ela seja capaz de memorizar os caminhos. Na ocupação nazista em Paris, pai e filha fogem para a cidade de Saint-Malo e levam consigo o que talvez seja o mais valioso tesouro do museu.

Em uma região de minas na Alemanha, o órfão Werner cresce com a irmã mais nova, encantado pelo rádio que certo dia encontram em uma pilha de lixo. Com a prática, acaba se tornando especialista no aparelho, talento que lhe vale uma vaga em uma escola nazista e, logo depois, uma missão especial: descobrir a fonte das transmissões de rádio responsáveis pela chegada dos Aliados na Normandia. Cada vez mais consciente dos custos humanos de seu trabalho, o rapaz é enviado então para Saint-Malo, onde seu caminho cruza o de Marie-Laure, enquanto ambos tentam sobreviver à Segunda Guerra Mundial.

Uma história arrebatadora contada de forma fascinante. Com incrível habilidade para combinar lirismo e uma observação atenta dos horrores da guerra, o premiado autor Anthony Doerr constrói, em Toda luz que não podemos ver, um tocante romance sobre o que há além do mundo visível.


Jantar Secreto – Raphael Montes (não ficção, suspense)

Eu já terminei Jantar Secreto hahaha é muito bom, gente, não aguentei! Mas o pessoal da leitura coletiva ainda está lendo, nossa discussão acontece no fim do mês de junho, então você ainda pode participar! Esta leitura foi organizada pelo blog Contudo e entretanto, clique aqui para saber mais!

Jantar Secreto

SINOPSE: Um grupo de jovens deixa uma pequena cidade no Paraná para viver no Rio de Janeiro. Eles alugam um apartamento em Copacabana e fazem o possível para pagar a faculdade e manter vivos seus sonhos de sucesso na capital fluminense. Mas o dinheiro está curto e o aluguel está vencido. Para sair do buraco e manter o apartamento, os amigos adotam uma estratégia heterodoxa: arrecadar fundos por meio de jantares secretos, divulgados pela internet para uma clientela exclusiva da elite carioca. No cardápio: carne humana.

A partir daí, eles se envolvem numa espiral de crimes, descobrem uma rede de contrabando de corpos, matadouros clandestinos, grã-finos excêntricos e levam ao limite uma índole perversa que jamais imaginaram existir em cada um deles.


Os miseráveis – Victor Hugo (CLÁSSICO MUNDIAL-não ficção-drama)

Por último, este aqui é um projeto de leitura coletiva que ainda não tem ninguém participando. Como eu fiz questão de colocar ai em cima, é um clássico da literatura mundial, possui milhares de críticas sociais, referências, tem uma realidade e é uma obra com uma boa carga dramática. Mas dizem ser uma história que te toca no fundo do coração. Eu conheço a história, por conta do filme (que eu amei) e agora, quero conhecer o livro.

Convido você a fazer esta leitura comigo, sei que são 1600 páginas, mas não vamos ler de um dia para o outro! Vou organizar os capítulos e o tempo de cada disponível, de modo que todos que quiserem ler, consigam acompanhar! Por ser uma obra prima, tem muita coisa que podemos discutir e isso que é bom! Não deixe o tamanho te amedrontar, não vamos julgar o tamanho sem ler rs Vai que este vira um dos seus preferidos? 

  • Eu tenho o livro físico, e é esta edição ai debaixo. Quem quiser participar, mas ainda não tiver o físico, eu tenho o ebook pra passar pra vocês. Mas se você quiser adquirir, eu espero!

Os Miseráveis

Esta obra é uma poderosa denúncia a todos os tipos de injustiça humana. Narra a emocionante história de Jean Valjean — o homem que, por ter roubado um pão, é condenado a dezenove anos de prisão. Os miseráveis é um livro inquietantemente religioso e político.


Enfim, por hoje é só, pessoal! Conforme eu for realizando as leituras, vou escrevendo as resenhas e vou trazendo aos poucos para vocês! 

E vocês? Já participaram de leitura coletiva? Qual(is)?